quinta-feira, novembro 02, 2006

O ano


É hora de refletir, analisar, recomeçar. O recomeço é uma renovação, fica a impressão de que existe uma nova chance. Uma nova oportunidade de fazer direito ou errar um pouco menos.

O tempo passou, em poucos dias um novo ano se inicia, uma nova época se edifica. É engraçado como as coisas são. O ano novo é um dia como qualquer outro, mas fica a sensação de reinicio. Cultivam-se novas esperanças e novas antigas promessas. As vezes as promessas não cumpridas aparecem para incomodar. Confesso a vocês que deixei de cumprir diversas delas que fiz no final do ano que se foi. Por outro lado realizei coisas que jamais pude imaginar. Algumas loucuras, preocupações, outras tristezas. Já diziam os mais velhos que a vida é mesmo assim, uma nova surpresa em momentos inesperados.

Sei que ainda é cedo para fazer um balanço do ano que se finda, mas sinto as brisas da mudança. Os ventos mudaram, a sorte está mudando, para melhor ainda não sei. O que sei é que um clima de despedida está no ar. As chuvas começaram e são implacáveis, persistentes, os sinos natalinos começarão a soar e os fogos de artifício comecarão a estourar, anunciando um novo dia e um novo ano.

2 comentários:

Sérgio disse...

Só eu que visito esta %@#$%@# aqui mesmo, né?
Aproveita e visita ai: www.companhiadanutricao.com.br
É um ótimo site, sabia? Desenvolvido em PHP.
kkkkkkkkkkkkk

Ao invés de perder tempo aqui tu podia me ajudar a melhorá-lo... rs

Lilian disse...

Sabe, Emilio. Após ler este texto, adivinha o que acabei de recordar???? Sim... me lembrei da nossa conversa sobre esse clima de despedida. Desse sentimento nostálgico. Dessa fase de mudanças, de novas perspectivas...

Uma coisa não se pode negar: o ano de 2006 foi um ano de grandes surpresas! Muitas coisas boas aconteceram. Espero que 2007 seja melhor ainda!

Um grande beijo! Saudades de vc :)