domingo, janeiro 07, 2007

Boas recordações de 2007


Mais um ano se foi. Passou depressa, depressa demais e cada vez mais rápido passará se não mudarmos. Por muitas vezes me vi questionando se isto é apenas impressão ou uma realidade. O que nos faz ter a impressão de que o tempo está passando mais depressa? Será a falta de sensibilidade nas coisas que acontecem?

De tempos em tempos a vida cai numa perigosa rotina. A mesmice das coisas acabam ofuscando a beleza dos detalhes. Isto faz com que sua vida não mude mais. As tarefas ficam chatas, as coisas simples perdem valor e a felicidade escapa por pequenas fissuras. Aos poucos viramos um ser vazio, sem muitas coisas a esperar e sem vontade de prosperar. Pensamos que nada pode melhorar e nos conformamos com o regular.

Então, quando tudo parece perdido, os ponteiros do relógio se movem, as folhas do calendário caem e o final de ano chega. Começa aquele clima de ansiedade e esperança de dias melhores. Numa contagem regressiva vem um novo ano. O Sol parece brilhar diferente, os ventos assopram numa nova melodia e a vida recomeça.

Sétimo dia do sétimo ano do novo milênio, já é hora de mudar. Estamos no começo, é tempo de desacelerar. Curtir cada momento, dar valor a cada gesto e a cada pequeno detalhe que nos circunda.

Que em 2007, possamos aprender que a felicidade se esconde nos pequenos detalhes, nas coisas pequenas que fazemos no dia a dia. Feliz ano novo e os votos de boas recordações para este ano que se inicia.

8 comentários:

Lilian disse...

Eis aqui a parte 3 da "trilogia". =)

Disse tudo, Emilio!
Ser responsável sem deixar perder o encanto por detalhes, ou até mesmo, pela pura simplicidade.

Que 2007 seja "o ano"!
bjao

Anônimo disse...

O milenio passado terminou em 2000.
Logo, nao estamos no setimo ano deste milenio, mas, no sexto ano dele.

para ajudar..

2001 -> 2002 = primeiro ano
2002 -> 2003 = segundo ano
2003 -> 2004 = terceiro ano
2004 -> 2005 = quarto ano
2005 -> 2006 = quinto ano
2006 -> 2007 = sexto ano

Emilio Numazaki disse...

Não faz sentido... 2001 foi o primeiro ano do novo milenio, 2002 o segundo e assim sucessivamente. Logo, 2007 deve mesmo ser o sétimo ano.

Anônimo disse...

o primeiro ano do novo milenio soh completa no inicio de 2002

Saulo disse...

É bicho, parece que vc escreveu esse texto para mim kkk.
Grande Abraço

Mayra disse...

Primeiramente, parabéns pelo texto!!! Precisamos mesmo valorizar a beleza na simplicidade e sair da mesmice...
Falando nisso, o nosso companheiro "Anônimo" parece não sair da mesmice e, tendo o ego enorme, não percebeu a besteira q escreveu:
segundo seus próprios cálculos, 2007 -> 2008 seria o sétimo ano, exatamente o q está escrito no texto...
Se o "Anônimo" (que aliás é identificação de covarde) não estivesse tão preso às mesmices de ser um chato da internet e tão ansioso por escrever qq coisa em qq lugar, entenderia o real sentido do seu texto e não agiria exatamente no sentido oposto!

Bom, bossais sempre existirão e parecem proliferar em PG... ainda mais na internet, onde as pessoas não precisam mostrar suas caras e podem escrever qq merda q lhe venha à cabeça (obviamente, desocupada). Mas, pessoas sensíveis que pensam além da mentalidade cartesiana e superficial, como o Emílio, ainda proliferam em PA... mas ainda bem q proliferam!!!!

Mais uma vez: ÓÓÓÓÓTIMO TEXTO!!!!

Emilio Numazaki disse...

Obrigado pelo elogio Mayra! Fico muito feliz em saber que alguém gostou do texto.

Sobre as colocações do "Anonimo", não creio que ele esteja querendo ser chato. Só não consegui entender a lógica "2001 -> 2002 = primeiro ano". Por um lado, a soma daria 730 dias, por outro, 2001 realmente seria o primeiro ano...

Emilio Numazaki disse...

"Em resumo, não tem certo nem errado, todo mundo tem razão e que o ponto de vista é que é o ponto da questão." (Raul Seixas) :o)